desenho e design

Mais expos

Centro Cultural Anjos Teixeira

De 15 de Março a 12 de Abril – Exposição: Maurício Fernandes | pintura & desenho

1

2

3

4

5

Art Déco

Colecção Berardo, What a Wonderful World!

Casa das Mudas

1

2

3

4

5

6

7

8

10

UMa | Centro de Artes e Humanidade | Arte e Multimédia

“HEARTBREAK”

Liliana Jardim e Maria Jardim, , Alumínio, rede metálica, tecido e espelho, 2,30×3,00×1,50 m

Lonarte 2010 > arte social

Paulo Sérgio BEju

Susana Figueira

Ingo Giezendanner

são rosas, senhor

Manuel Rosa

O Treino do Falcão e outras Cenas de Caça > Algumas peças

28.04.2010

“O treino do falcão 2”

“cena de caça quadro 4”

“cena de caça quadro 6”

“cena de caça quadro 8” + cena de caça quadro 7”

O escultor José Manuel Gomes e o padre Rui Sousa um dos mentores do complexo cultural dos Prazeres, em que se incluí a  Quinta Pedagógica dos Prazeres e a Galeria dos Prazeres, esta última desenvolvida a partir de uma ideia da esc. Patrícia Sumares.

O Treino do Falcão e outras Cenas de Caça

23.04.2010

Na Galeria do Prazeres está presente uma exposição com o título em epígrafe, do escultor José Manuel Gomes. Sobre esta, em breve terei o gosto de apresentar um breve e modesto comentário. Para já deixo aqui algumas fotografias para alimentar o interesse de uma visita.

“Hortus Deliciarum”

16.04.2010

Tive a oportunidade de ver a exposição colectiva patente no Teatro Baltazar Dias. Alice Sousa, Carmen, Manuel Gomes e Teresa Jardim, apresentam um conjunto de peças registadas ao longo do eixo do Salão Nobre. Mais duas perfomances no dia da inauguração, realizadas com os desempenhos de Carmen e Teresa Jardim. Enquanto não lanço a respectiva imagem, gostaria de guardar uma pequena nota escrita sobre a instalação “perfomativa” de Teresa Jardim > adormecida sobre o piano, pés nus, o direito sobre o pedal legato do piano, e, o outro assente no soalho envernizado. Assim foi no dia da inauguração, este quadro de sereno descanso e purificação, do artista após a procura das harmonias, rítmicas  (visuais e melódicas). No envolvente vital, graficamente disperso como uma neblina de grafite ao longo da parede norte do salão, encontra-se o “Génesis” nas palavras de Ana Teresa Pereira, que assim faz nosso este jardim das delícias, em que o desígnio do mundo, como na arte, é o mote de uma permanente acção ou desenho.

Teresa Jardim, “Hortus Deliciarum”. Grafite sobre Aparite pintada de branco.

Carmen,

Ainda as esculturas na Avenida Arriaga

10.02.2010

A Pedra de Roseta apresenta glifos em línguas distintas e a partir deste achado tornou-se possível decifrar as escritas egípcias (demótica e hieroglífica). Aprendi que o paralelepípedo, que serve de suporte às gravações, foi realizado a partir de um pedaço de rocha basáltica. De difícil gravação, por si só é uma prova evidente de que os egípcios  dispunham, ao tempo da sua extracção e gravação, de uma tecnologia assaz assombrosa para cortar e sulcar uma pedra de tão grande dureza. A propósito desta memória, em parte errónea, pois a Pedra de Roseta é de granito negro e não de basalto (como a história muitas vezes relata), não deixo de imaginar a grande dificuldade em trabalhar qualquer uma das pedras. Particularmente, a extrema dureza da última, alimenta mais ainda a minha admiração a propósito da escultura colocada no passeio da Avenida Arriaga, como é referido em http://www.jornaldamadeira.pt/not2008.php?Seccao=13&id=143247&sdata=2010-01-21, por João Carlos Abreu, durante a apresentação dos autores das esculturas em exposição “… feitas a partir de basalto”. As rochas ígneas, com particular destaque para o  basalto, oferecem mil e uma dificuldades a quem talha a sua extrema dureza.

Por curiosidade dei uma vista de olhos aos livros de história de arte nacional, nomeadamente nos capítulos dedicados à escultura e poucos exemplares encontrei a ilustrar a escolha do basalto na realização escultórica. De facto o basalto pelas características de extrema dureza e fractura imprevisível, raramente é escolhido, e quando assim acontece, as obras não ultrapassam as dimensões de um metro de vulto. A realização de uma escultura em basalto na dimensão que Miguel Ângelo apresenta na Avenida Arriaga, não é uma peça frequente no panorama da história da escultura nacional.

Além das questões técnicas e materiais que julgo muito interessantes, a escultura acrescenta a sensação de alguma aproximação ou de hipotética continuação do sentido de uma certa visão primordial, que à semelhança de Mimmo Paladino, prossegue o gosto de algum sentido do arcaico na escultura, que, no século XX, inicia-se  com Marino Marini. Naturalmente, isto é julgar com a memória, mas em nada se constitui como um juízo crítico do que o autor apresenta, e tão pouco pretendo aqui indicar uma leitura sobre esta obra, que zela em “serena presença” pela sua própria qualidade.

Escultura na Avenida Arriaga!

08.02.2010

Não sei de quem foi a ideia, nem o motivo para a colocação das esculturas no amplo passeio da Avenida Arriaga, contíguo à Fortaleza de São Lourenço. Tão pouco conheço o nome dos seus autores, mas, sem dúvida alguma, esta é uma excelente iniciativa, ao colocar em confronto, no centro da cidade do Funchal, as formas escultóricas que ora se oferecem à visita e contemplação de quem passa.

OBRAS DE REFERÊNCIA DOS MUSEUS DA MADEIRA

Quem vá até Lisboa, entre as datas assinaladas, pode visitar as obras de referência no Palácio Nacional da Ajuda. A concepção geral de Francisco Clode foi levada à prática por uma extensa equipa,  pontuando-se sem dúvida um importante resultado. O passado revela-se como uma prevalência fundamental na construção um futuro imaginado em exigência e qualidade, daí a inegável importância destes 500 Anos de História de um Arquipélago.

As Obras de Referência constituem uma selecção do espólio pertencente às seguintes Instituições representadas  > Câmara Municipal do Funchal, Casa Colombo-Museu do Porto Santo, Casa-Museu Frederico de Freitas, Convento de Santa Clara do Funchal, Igreja da Calheta, Madeira, Igreja da Ribeira Brava, Madeira, Instituto do Vinho e do Bordado Madeira, Museu A Cidade do Açúcar, Museu de Arte Sacra do Funchal, Museu Etnográfico da Madeira, Museu Henrique e Francisco Franco, Museu Quinta das Cruzes, Núcleo Histórico de Santo Amaro-Torre do Capitão, Paço Episcopal do Funchal, Photographia Museu “Vicentes”, Sé do Funchal.

TREMA

Arte Contemporânea

Secret

Secret Garden (detalhe), políptico, papel japonês s/ madeira, 40x40x12 (4 quadros de 20×20 cm)

Javier León

23 de Maio a 20 de Junho de 2009

Capa

Capa: S/ título, acrílico s/ tela,, 114×146, 2009

João Vaz de Carvalho

21 de Maio a 20 de Junho de 2009

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Desenho e Design « desenho e design said, on 29 de Maio de 2009 at 17:35

    […] Trema […]

  2. Patrícia Sumares said, on 5 de Maio de 2010 at 13:58

    Olá Professor Celso!

    Aproveito este espaço para fazer uma correcção à legenda da imagem em que faz referencia que o ” Padre Rui Sousa é o mentor do projecto da Galeria dos Prazeres”.

    O padre Rui Sousa é uma pessoa pela qual tenho muito respeito e admiração pelo seu espírito empreendedor, no entanto, a a ideia e o projecto da criação da Galeria dos Prazeres foi da minha autoria a quando da proposta de ser feito um pequeno núcleo expositivo da Colecção do Padre Manuel Nóbrega.

    Com os meus cordiais cumprimentos,

    Patrícia Sumares

    • Celso Caires said, on 5 de Maio de 2010 at 20:33

      Cara Patrícia, assim será corrigida a informação que apresento nesta página. E, já agora, aproveito para enviar os meus parabéns pela qualidade das exposições que têm vindo a apresentar neste pequeno e excelente espaço.
      Cumprimentos e continuação de bom trabalho.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: