desenho e design

2 Da exploração anatómica à visão morfológica

Da exploração anatómica à visão morfológica

Em torno do corpo e da sua imagem, o desenho assume um papel demiurgo em organizar e clarificar

Do centro do olhar e do conceito gráfico

A partir do Renascimento o desenho torna-se cada vez mais apreciado. Na época, o recurso ao desenho é uma necessidade partilhada entre a investigação científica, a criação artística e a aprendizagem.

Feto. Leonardo da Vinci, 1489

De facto, se considerarmos o número cada vez maior de desenhos a circular entre os artistas, os cientistas e os estudantes, o uso do desenho como forma de registo e partilha da informação, é, em quase tudo, um fenómeno semelhante à utilização que hoje fazemos das fotocópias.

Muitos trabalhos são copiados, por vezes com o objectivo da mera reprodução e muitas vezes como recurso didático orientado para a aprendizagem oficinal do desenho.

Desde o Renascimento que a cópia dos grandes mestres foi o modelo mais utilizado nas oficinas e academias.

Até ao século passado, a metodologia da formação em desenho era baseada na cópia, com o objectivo dos estudantes melhoraram a sua destreza e interiorizarem as correntes estéticas dominantes.

O resultado desta escola europeia de desenho, permitiu o avanço da ciência e a generalização do modelo Renascentista.

Nos exemplos sequentes poderemos avaliar não só, que o desenho é uma linguagem de conceitos, mas também, uma linguagem referencial e estruturadora de outros campos do conhecimento. Depreende-se que para exteriorizar uma visão

é necessário compreender, articular, construir, primeiro internamente e depois desencandear o conceito gráfico que conduza à tradução do pensamento, estabelecendo entre o corpo e a mente uma atitude de profunda cumplicidade.

A descoberta do corpo traduz bem essa aventura que reciprocamente aconteceu e ainda acontece entre o desenho, a ciência e a arte.

O desenho é uma forma directa de aprendizagem

No mesmo tempo e espaço são confrontados observador e modelo. A estratégia do desenho a partir da observação directa é uma das primeiras formas utilizadas pelo homem para registar e compreender a ordem fenomológica que o rodeia. O objectivo principal dessas imagens é o de descrever.

Sobre esta abordagem, Leonardo da Vinci apontou:

“A mente do pintor deve assemelhar-se a um espelho que permanentemente transforma-se na cor do objecto preenchendo-se com tantas imagens como as coisas que existem colocadas frente a ele.”

Na página anterior, o desenho da coluna vertebral é o primeiro a esclarecer a curvatura natural com as vértebras devidamente articuladas.

Prosseguindo os estudos de Leonardo, o médico anatomista Andreas Vesalius (1514-1564) publica a sua obra “De Humani Corporis Fabrica” (1543), com o apoio de Stephen van Calcar (estudante de desenho da oficina/atelier de Ticiano), contestando, assim, a autoridade de Galeno, estabelecida a partir do séc. II e em vigor durante a vida de Leonardo da Vinci.

De Humani Corporis Fabrica


Musculatura do homem. Andreas Vesalius, 1543

A anatomia da expressão com o fisiologista Charles Bell (1774-1842) abriu caminho ao estudo caracterológico do rosto humano, sendo a caracterologia, ainda hoje em dia, uma base para autores de diversas áreas, como a banda desenhada e o desenho animado. Bell identificou os músculos responsáveis pela expressão facial, realizando uma série de desenhos para um grupo de pintores ingleses que desejavam compreender melhor os mecanismos miológicos da expressão. [vide pintores e escultores da época]

Anatomia da expressão. Charles Bell, 1806

Meio previlegiado para a formalização a partir da observação directa, o desenho estabelece-se como memória externa estabelecendo-se  como apoio essencial ao pensamento.

O desenho resume extensos conceitos teóricos

Uma estratégia explicativa é a base do desenho estruturado segundo as premissas da indução.

No diagrama da visão, Descartes (1596- 1650) verifica a estrutura geral da sua teoria da percepção visual, explicando a mecânica dos elementos em presença.

O processo da percepção visual. René Descartes, 1646

Giovanni Alfonso Borelli (1608-1679) apresenta na obra “De Motu Animalium” (Sobre o Movimento Animal), um dos primeiros contributos para a biomecânica. Sobre a motivação dos seus estudos, citamos o próprio Borelli:

“dado que o conhecimento de todas as coisas… está baseado na geometria, é correcto supor que Deus usou a geometria na creação dos organismos animais, por isso esta é a única ciência que permite ao homem interpretar e compreender a mão de Deus no mundo animal”.

Mecânica do corpo humano. Giovanni Alfonso, 1680

O desenho é uma metodologia natural

No desenho como meio de investigação, procura-se uma síntese tradutora de um fenómeno com precisão e simplicidade. Ao fornecer um sentido materializador à actividade conceptual, o desenho favorece com tangibilidade o encontro de uma certa elegância projectiva. Sendo uma linguagem de afirmação e porconseguinte aberta ao prolongamento de um discurso auto confirmativo e configurativo, traduz com eficácia a procura e o encontro de uma solução.

Georg Bartisch (1535-1606), que a título de curiosidade, foi barbeiro-cirurgião em Dresden e parece ter tido algum sucesso (!?) na cura do estrabismo através do método que inventou e ilustrou no livro sobre o tratamento dos olhos. Bartisch não sabia escrever, daí uma maior importância do desenho como linguagem de comunicação e registo.

Máscaras para correção do estrabismo. Georg Bartisch, 1583

O desenho do desenho

Segundo uma ordem mental, o desenho atribui, define e constrói a organização visual das formas. Muitos são os objectos que explicitamente sugerem a aprendizagem perceptiva em torno da acentuação dos elementos visuais (cor, textura, configuração) e do relacionamento (dimensão e peso), levando a interiorizar um processo de abstracção. Outros revelam à vista os elementos gráficos da conceptualização (o ponto, a linha, o plano e o volume).

De um modo discreto e coerente, a organização intrínseca das formas abre caminhos para os campos da enunciação e da investigação científica. A observação de um fenómeno visual pode dar azo à verificação do seu comportamento num dado universo, expressando estatisticamente uma ordem tipológica que, a breve trecho, cede lugar ao estabelecimento de um modelo identificador ou ao nascimento de um canone.

Mas também poderemos considerar este campo como classificação do método utilizado pelas oficinas da Renascença, que se descreve no princípio deste capítulo.

Entre muitos outros, refere-se o trabalho de Francis Galton. Este estudou o primitivo sistema de identificação, organizando tipologicamente as impressões digitais.

Francis Galton

Mão e estudo das impressões digitais. Francis Galton, 1892

Desenhar é conceptualizar

No decurso das três últimas décadas, o papel da memória foi secundarizado relativamente ao seu grau de participação no pensamento. Esta perspectiva é apenas o resultado de uma moda, como tantas outras, a que nem a ciência escapa. Daí o excessivo relevo que se deu ao lado mental do desenho, encerrando-o na esfera do pensamento, como se a sua materialização fosse por isso mesmo menos reveladora e portanto prescíndivel. [A memória foi considerada a actividade repetitiva, em imitar, papaguear, uma espécie de trabalhador manual da inteligência. À semelhança dessa e de outras analogias, o facto do entendimento generalizado do desenho ser considerado como uma disciplina de “trabalhos manuais”, ou o logro em designá-lo como disciplina prática, deu lugar a uma defesa algo acérrima do seu campo intelectivelmente actuante em detrimento da sua componente material prática, e a oposição entre as anteriores perspectivas, acaba por estar à margem do corpo científico do próprio desenho, teórica e praxiologicamente alimentado e definido.]. Sobre essa forma de desentendimento, porque fragmentária nos seus postulados, as novas abordagens sobre o pensamento colocam dúvidas muito pertinentes. Saltando adiante da ordem macrológica da fisiologia e orgânica do corpo, para não prolongarmos execessivamente este assunto, a natureza do pensamento apoia-se na multiplicidade e organização das sinapses estabelecidas no complexo neuronal. Uma sinapse extende os procedimentos essenciais a uma linguagem de primeiro nível, ligando por similitude e partilha a descarga da informação neuronal, promovendo a memória de um padrão identificador em crescimento e interacção constante. [perdoem-me, mas em quase tudo, muito equivalente ao bios dos sistemas computadorizadas, tambémfuncionando por camadas e cruzamento de linguagens, ditas de primeiro, segundo e terceiro níveis, conforme a sua estruturação, próxima da máquina ou da linguagem natural, intelígivel e humana]. Mas essa fenomenologia micrológica é o resultado indissociável do meio, do corpo e das suas experiências vivenciais. Pensa-se com todo o corpo. O desempenho intelectivo é fruto não só do raciocínio, mas também da emoção. Conceptualizar não é o culminar de uma acção puramente abstracta, porquanto não seja possível compartimentá-la da experiência e da vida. Assim como a memória é essencial ao pensamento, porque este último actua a partir e sobre o suporte moldável do primeiro, ou porque pensar é gerir a razão da própria consciência, o desenho é uma forma de relevo existencial, no qual podemos pressentir a sua intrínseca dualidade, na estrutura formalizadora do pensamento e na relação simbiótica entre o ser e o meio.

Esqueleto humano. Pérsia, séc. IV / Pán Ku. China, cerca de 5.000 A.C. A ciência emergiu de suposições. P’an Ku é para mitologia chinesa a entidade imaginária da criação do universo. / Estudo de desenho de perspectiva. Albert Dürer, 1525

Nesse último contexto, o corpo desempenha simultaneamente as funções de suporte e instrumento, ou seja, sem interpretações à letra, de papel e riscador. E a ideia?! E a inspiração?! Essas são o reflexo do pensamento, a atitude discreta do próprio corpo.

Daí a necessidade em propiciar à criança um espaço e um tempo, para o ensaio e a expressão, através do exercício corporal dos riscadores e dos suportes, elementos essenciais a esse jogo vital na formação sináptica dessa rede conceptualizadora, que se desenvolve como uma matriz progressivamente elaborada e consolidada para a interpretação e o conhecimento do mundo, no exercício da vida e da inteligência.

54 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Leonora Camoço said, on 31 de Maio de 2009 at 22:27

    óla tdo bieno, passei por ai podes me adicionar

    • Celso Caires said, on 1 de Maio de 2012 at 0:08

      Concerteza…

  2. Manderson said, on 25 de Setembro de 2009 at 14:13

    I usually don’t post on Blogs but ya forced me to, great info.. excellent! … I’ll add a backlink and bookmark your site.

  3. Online Stock Trading said, on 30 de Setembro de 2009 at 13:25

    I usually don’t post on Blogs but ya forced me to, great info.. excellent! … I’ll add a backlink and bookmark your site.

    • Celso Caires said, on 15 de Dezembro de 2009 at 21:22

      Your opinion are very kind. Only today I read your comment because the system classified it as spam.

  4. Donnieboy said, on 12 de Outubro de 2009 at 20:33

    Just wanted to drop you a line to say, I enjoy reading your site. I thought about starting a blog myself but don’t have the time.
    Oh well maybe one day…. 🙂

    • Celso Caires said, on 15 de Dezembro de 2009 at 21:21

      You are very kind. Only today I read your comment because the system classified it as spam. To start a blog just drop a few lines, day after day it grows.

  5. HenleyL said, on 13 de Outubro de 2009 at 22:44

    Hey, I really enjoy your blog. I have a blog too in a totally unrelated field (Online Stock Trading) but I like to check in here on a regular basis, just to see what’s going on and it’s always interesting to say the least. It’s always entertaining what people have to say.

    • Celso Caires said, on 15 de Dezembro de 2009 at 21:19

      You are very kind. Only today I read your comment because the system classified it as spam.

  6. matheus said, on 8 de Junho de 2010 at 0:13

    great, please post more things like that

    • Celso Caires said, on 9 de Junho de 2010 at 0:10

      Obrigado pelo comentário

  7. Home Security Monitoring houston said, on 31 de Março de 2011 at 11:23

    I don’t even know how I ended up here, but I thought this post was good. I don’t know who you are but definitely you are going to a famous blogger if you aren’t already😉 Cheers!
    Home Security Monitoring service

    • Celso Caires said, on 2 de Abril de 2011 at 18:37

      Well, I don’t know if it will be true, but your comment is very nice. Cheers!

  8. newcars for sale said, on 1 de Abril de 2011 at 15:18

    You certainly have some agreeable opinions and views. Your blog provides a fresh look at the subject.

    • Celso Caires said, on 2 de Abril de 2011 at 18:34

      You are very nice

  9. police car auctions queensland said, on 1 de Abril de 2011 at 19:21

    Very Interesting Blog! Thank You For Thi Information!

    • Celso Caires said, on 2 de Abril de 2011 at 18:33

      Very kind comments.
      Thank you

  10. Lizeth Pennacchio said, on 2 de Abril de 2011 at 15:30

    Im impressed, I must say. extremely rarely do I discovered a blog thats both educative and entertaining, and let me tell you, youve hit the nail on the head. Your opinion is outstanding; the matter are a few things that not a lot of people are speaking intelligently regarding. Im really happy that I stumbled across this in my hunt for one thing concerning it.

    • Celso Caires said, on 2 de Abril de 2011 at 18:32

      Dear Lizeth I’m very gratefully for your kind comments.

  11. Hilton Boots said, on 4 de Abril de 2011 at 17:51

    I dont even know how I got back, but i assumed this post was good. Cheers!

  12. Constance Frehse said, on 5 de Abril de 2011 at 14:04

    Yesterday, while I was at work, my cousin stole my iPad and tested to see if it can survive a forty foot drop, just so she can be a youtube sensation. My apple ipad is now destroyed and she has 83 views. I know this is entirely off topic but I had to share it with someone!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:12

      Dear Constance I’m so sorry for what happens to your iPad. I think you have to buy a new one.

  13. Lizabeth Slomer said, on 6 de Abril de 2011 at 20:11

    Hi! I’m at work browsing your blog from my new iphone 3gs! Just wanted to say I love reading through your blog and look forward to all your posts! Keep up the fantastic work!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:09

      Dear Lizabeth thank for your kind comment

  14. Mitchel Mesenbrink said, on 7 de Abril de 2011 at 11:17

    Strong blog. I acquired scores of great information. I?ve been keeping an eye on this technology for some time. It?utes interesting the way it retains completely different, nonetheless a number of of the first components remain the same. have you observed plenty modification since Search engines created their own latest purchase within the field?

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:09

      Hello Mitchel, you are right, someday I will have to correct the structure of the blog. Tank for your comment.

  15. Ona Oehrlein said, on 8 de Abril de 2011 at 7:03

    Hey! I simply wish to say that i favor your publishing means which so Im aiming to follow your blog regularly from currently on Keep writing!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:06

      Dear Ona thank for your kind comment

  16. Terrence Fiorentino said, on 9 de Abril de 2011 at 7:45

    You have noted terribly attention-grabbing points ! ps decent net web site here.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:05

      Hello Terrence thank You for the comment

  17. Mitchel Mesenbrink said, on 9 de Abril de 2011 at 20:11

    Hey I know this is off topic but I was wondering if you knew of any widgets I could add to my blog that automatically tweet my newest twitter updates. I’ve been looking for a plug-in like this for quite some time and was hoping maybe you would have some experience with something like this. Please let me know if you run into anything. I truly enjoy reading your blog and I look forward to your new updates.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:04

      Hello Mitchel I don´t know but I find it I will tell you

  18. sdfsdgfd said, on 9 de Abril de 2011 at 21:12

    Very Interesting Information! Thank You For Thi Information!

  19. Sebastian Berardino said, on 10 de Abril de 2011 at 6:08

    Not long discerned concerning your site and are still already reading along. I assumed i will be able to leave my first comment. i do not decide what saying except that I’ve enjoyed reading. Nice blog. sick be bookmarking keep visiting this web site really usually.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:03

      Hello Sebastian thank for your kind comment

  20. Filomena Wesselink said, on 10 de Abril de 2011 at 19:08

    Hey there! I just wanted to ask if you ever have any problems with hackers? My last blog (wordpress) was hacked and I ended up losing many months of hard work due to no back up. Do you have any solutions to protect against hackers?

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 12:02

      Dear Filomena, well I pray a lot… but WordPress usually did a good job to protect the blog.

  21. Twana Echelberger said, on 11 de Abril de 2011 at 8:15

    Not to be in the understand most of the time, I tend to dont like posts regarding this subject increasingly more but since you write it in style conjointly your own manner, we tend to gotta say really is really one of these great post to remember.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:59

      Daer Twana thank for your kind comment!

  22. Antony Ynocencio said, on 11 de Abril de 2011 at 21:10

    I love your blog.. very nice colors & theme. Did you design this website yourself or did you hire someone to do it for you? Plz answer back as I’m looking to design my own blog and would like to find out where u got this from. thanks a lot

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:53

      Hello Antony thank for your kind comment! The design is from Worpress Thema: The Journalist 1.3 by Lucian Marin. You can went to http://wordpress.com/

  23. Santos Hurston said, on 12 de Abril de 2011 at 5:46

    Hmm is anyone else having problems with the pictures on this blog loading? I’m trying to find out if its a problem on my end or if it’s the blog. Any feed-back would be greatly appreciated.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:52

      Hello Santos I don’t know, it’s the first time anyone report that situation

  24. Charisse Mostyn said, on 12 de Abril de 2011 at 6:17

    Hello! This post could not be written any better! Reading through this post reminds me of my previous room mate! He always kept chatting about this. I will forward this article to him. Fairly certain he will have a good read. Thank you for sharing!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:50

      Dear Charisse thank for your kind comment!

  25. Ula Greet said, on 12 de Abril de 2011 at 22:26

    There may be noticeably a bundle to know about this. I assume you made sure good points in features also.

  26. Mirna Colchado said, on 13 de Abril de 2011 at 11:35

    Have you ever considered about adding a little bit more than just your articles? I mean, what you say is valuable and everything. But think of if you added some great photos or video clips to give your posts more, “pop”! Your content is excellent but with pics and clips, this site could undeniably be one of the very best in its field. Excellent blog!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:47

      Dear Mirna thank for your kind comment. Essentially this blog is about draw and design and you can valuables photos and videos from the links that I indicate.
      Cheers

  27. Jose Mahall said, on 13 de Abril de 2011 at 21:50

    With havin so much written content do you ever run into any issues of plagorism or copyright infringement? My website has a lot of unique content I’ve either authored myself or outsourced but it looks like a lot of it is popping it up all over the internet without my permission. Do you know any techniques to help prevent content from being ripped off? I’d certainly appreciate it.

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:44

      Hello Jose, well, I don’t care about it, if my name is also referred. What is your website address?

  28. Ira Dedios said, on 15 de Abril de 2011 at 7:20

    This really answered my drawback, thanks!

    • Celso Caires said, on 15 de Abril de 2011 at 11:37

      Dear Ira your comment is very kind

  29. Celso Caires said, on 19 de Maio de 2011 at 1:27

    The Journalist 1.3 por Lucian Marin

  30. Celso Caires said, on 19 de Maio de 2011 at 1:29

    Thank for your comment


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: